12 Exercícios Coletivos

de Dissenso

1º semestre de 2020

Criado para debater os temas relacionados aos femininos, arte, educação, cultura e a trajetória de Artistas fundamentais para a mostra, o programa 12 Exercícios coletivos de dissenso ocorreu entre os meses de fevereiro e de março de 2020. O curso foi voltado para interessados em mediação de arte contemporânea, professores, alunos de Artes Visuais e áreas afins, e público em geral. Foram oferecidas 170 vagas, por ordem de inscrição, as vagas foram preenchidas rapidamente em uma janela de 48 horas. Seriam escolhidos 60 mediadores, mas devido a suspensão da Bienal 12, a seleção não seguiu adiante.

O Programa Educativo estabeleceu a premissa dos encontros, dos afetos, do compartilhamento e do dissenso como forma de propor relações de construção e invenção das diversas bienais que foram erguidas no encontro com diferentes públicos. A multiplicidade de olhares, a atenção às noções de raça e gênero, o projeto de mundos que precisam de ações de cuidado e a noção de política, como aprendemos com Jacques Ranciére, entendida como a capacidade de alterar o tecido do sensível tem sido nossas setas.

Também com Ranciére, temos encarado o dissenso entendido como “o conflito de vários regimes de sensorialidade” na sua possibilidade de redesenhar a existência de objetos e ações que saem da esfera do sagrado e tocam o profano como objetos comuns submetidos a diferentes invenções poéticas por parte de um espectador emancipado.

Assim, nossos 12 Exercícios Coletivos de Dissenso foram assentados sobre a possibilidade de realização de ações criativas e de criação no contato com as obras, as artistas, a mostra. Estimular em nossas(os) candidatas(os) e futuras(os) mediadoras(es) a capacidade de criar e de se relacionar de maneira poética com a mostra e seus objetos comuns está no cerne de nossa proposta de curso.

Atividades que mirem a criação e as diferentes compreensões, os elementos que cercam a ação de mediadores no espaço, suas abordagens metodológicas possíveis, as diferentes formas de interação com o mundo e suas complexidades no tecido social, o caminho para uma vida pública baseada em um compromisso democrático, podem ser caminhos para orientar suas proposições. Cabe afirmar, ainda, que sua participação conosco foi fundamentada em suas caminhadas profissionais que fizeram com que nossas atividades pudessem acontecer.

01_Igor_Simões_e_Renata_Sampaio_Divulga

08 de fevereiro

O Educativo, a Bienal e o dissenso

como rumo com Equipe Educativa

Com Igor Simões e Renata Sampaio

02_Joana_Burigo_e_Mulheres_nos_Acervos_D

13 de fevereiro

Feminino, mediação,

arte e cultura

Com Joanna Burigo e Mulheres nos Acervos

03_Luciana_Loponte_Divulgação_Bienal_1

14 de fevereiro

Entre professores, mediadores

e a exposição: Estratégias

Com Ilana Machado e Luciana Loponte

06_Atividade_com_Carol_Mendoza_Divulgac%

19 de fevereiro

A supervisão e a mediação

e o espaço expositivo

Com Carolina Mendoza

04_Fundação Iberê Camargo_Divulgação_Bie

20 de fevereiro

Estratégias de mediação em Instituição.

Local: Fundação Iberê Camargo

05_MARGS_Crédito_DIvulgação-MARGS_BIENAL

05 de março

Estratégias de mediação em Instituição. Local: Museu de Artes do Rio Grande do Sul, MARGS

 

06_Themis_e_Winnie_Bueno_Divulgação_Bi

06 de março

Cidadania, cultura democrática

e práticas de mediação

Com Themis e Winnie Buenno

07_Mara_Pereira_foto_Crédito_Thiele_Eli

7 de março

Curadoria e mediação contemporânea

em mostras de arte: políticas e poéticas

Com Mara Pereira

08_Camila_Alves_foto_Crédito_Thiele_Eli

13 de março

Acessibilidades:

O espaço Expositivo para todes

Com Camila Alves Araújo

09_Juliana_dos_Santos_foto_Crédito_Thie

14 de março

Gênero e Raça

na Arte-Educação

Com Juliana dos Santos

Obs.: Devido ao surto pandêmico da Covid-19, consequentemente, houve a redução de todas as funções urbanas (eventos, aulas, comércio) e início da quarentena e isolamento social. Desta forma, Programa Educativo da Bienal 12 se viu obrigado a suspender os últimos encontros e todas as funções que dependiam de contato físico e aglomeração, como por exemplo: os dois últimos encontros do processo seletivo de mediadores, reuniões e visitas escolares aos museus e exposições.